Associação de Desportos da Ilha do Faial

Imprimir

Parque Desportivo da Horta

logoEm Setembro do ano 2007, durante a inauguração das novas instalações da Escola Secundária Manuel de Arriaga, o presidente do Governo anunciou que o estádio projetado para ilha do Faial chamar-se-ia “Estádio Mário Lino” e entraria em funcionamento no decurso da época desportiva 2009/2010.

No verão de 2008 o Governo dos Açores abriu concurso público internacional para a construção de um campo de futebol de 11, revestido com relva sintética, envolvido por uma pista de atletismo, com piso sintético, para oito corredores, equipada com zona para saltos em comprimento, triplo, altura e vara, dispondo ainda de uma zona, em relva natural, para lançamentos de disco, dardo e peso.

Desta empreitada fazia parte de outras construções e arruamentos que ascendia a 10,6 milhões de euros.

Após a abertura deste concurso público houve como sempre na sociedade faialense uma ampla discussão a favor e contra esta grande obra, que teve como grande lutador a favor o ex-Presidente da Associação Futebol da Horta, Dr. Faria de Castro já falecido, e contra um grupo de iluminados, que como sempre aparecem nestas ocasiões pra criticar tudo e todos….

O Governo dos Açores aproveitou por esta falta de interesse dos faialenses e suspendeu a obra, dando como desculpa haver outras prioridades para a ilha.

Conclusão quem ficou a perder por este adiamento ou cancelamento desta obra, o Atletismo e os 200 atletas federados na Associação Desportos da Ilha do Faial.

A luta por uma pista nesta ilha é uma luta de dezenas de anos, por várias pessoas que passaram por esta Associação, destacando o ex-diretor técnico de Atletismo e fundador e dirigente do único clube que se dedica apenas ao atletismo o Clube independente de Atletismo Ilha Azul, o Senhor Fernando Santos que até vigílias fez com seus atletas, para chamar atenção da falta da pista nesta ilha.

Luta inglória, porque no ano 2012, ano do cinquentenário da ADIF, ainda não temos uma pista oficial para organizarmos nossas provas locais, não podemos organizar provas regionais/nacionais nesta terra, e este ano não podemos comemorar nosso cinquentenário como desejaríamos, com um encontro de atletismo regional ou nacional e assim mostrar á sociedade faialense nossa organização, cativando mais atletas para esta modalidade que tanto precisa.

Chamo a atenção para todas as autoridades locais, regionais a sensibilidade para esta lacuna. Não queremos obras faraónicas, mas sim uma simples pista de atletismo oficial com o mínimo de condições para realizarmos nossas provas locais, regionais e possivelmente nacionais, e assim nossos atletas terem condições de evoluir nesta modalidade. Não seria só uma obra para atletas federados mas sim para toda a comunidade escolar e população geral.

Deixaríamos de andar a fazer provas de lançamentos em campos abandonados sem condições nenhumas o que dificulta muito a evolução dos atletas.

Esperando que tenha sensibilizado a quem de direito para esta lacuna grave no desporto da nossa ilha, e como estamos celebrando o 50º aniversário desejaríamos  receber como prenda  a inauguração da pista, como tal não é possível, pelo menos a noticia que iam iniciar a obra….

Saudações desportivas

O Presidente da Direção

(Eduardo Gomes)

Notícias em Destaque

Voleibol


youtube   face

Desenvolvimento

Próximos Jogos

Calendário de Jogos

Quem está on-line

Temos 81 visitantes e sem membros em linha

fpv

Filiada na Federação Portuguesa
de Voleibol

Autenticação

Fotos Voleibol



Fotos Atletismo